Como o passado imaginava o futuro

É incrível ver como o passado imaginava o futuro e logo percebemos uma visão um tanto destorcida, porém algumas tecnologias foram previstas pela literatura e artes em geral, o que antes se tratava de ficção cientifica, hoje é uma realidade contemporânea. Alguns bons exemplos a serem citados como em Vinte mil léguas submarinas de Julio Verne de 1870, fala sobre submarinos elétricos que foram inventados quase um século depois, um pseudo telefone celular foi utilizado na série Star Trek na década de 60, cujo o primeiro aparelho surgiu quase 10 anos depois. A engenharia genética foi um tema abordado por Aldous Huxley em Admirável mundo novo, de 1932, em 1984, de George Orwell, descreve câmeras em algo que poderiam ser como TV’s sendo utilizadas para espionagem, entre outros exemplos a serem dados, mas em contra partida temos outras que as vistas de hoje parecem absurdas, como carros e skates voadores em 2015, assim como De volta para o futuro 2 nos mostra, em Bill e Ted 2 mostra que em 2050 ainda usaríamos disquetes, clonagem humana no ano 2000, e futuros pós apocalípticos com tecnologias cyberpunk, visão do futuro bem comum nos anos 80, muitos lasers e as pessoas usando aqueles cortes de cabelo típicos da época, ou steampunk com tecnologias atuais como aviões computadores, robôs, mas utilizando vapor como fonte de energia e geralmente com design clássico, comum nos romances de Julio Verne. Podemos também citar o filme alemão Metropolis de 1927 (que merece um post dedicado a ele), um dos precursores da ficção cientifica no cinema, onde homens são escravizados pelas máquinas no século XXI em uma metrópole corrupta, de certa forma poética não está tão errado assim.

back-to-the-future-hoverboard

Ainda não aconteceu, mas  temos algum tempinho até 2015.

2677094_640px

Aconteceu, ponto para Star Trek

Uma série de imagens foram produzidas na França nos anos de 1899 à 1910 em forma de cartões postais, por Jean-Marc Côté e vários artistas franceses desenhando o imaginário de como seria a França no ano 2000. E provavelmente em 2050 as pessoas vão ver os filmes hoje atuais como Minority Report e comentar que era assim que nós imaginávamos o futuro.

800px-France_in_XXI_Century._Air_cab

800px-France_in_XXI_Century._Electric_scrubbing

800px-France_in_XXI_Century._School

800px-France_in_XXI_Century._Toilette_madame

800px-France_in_XXI_Century._War_cars

 France_in_XXI_Century._Air_firefighters

 France_in_XXI_Century._Latest_fashion

Autor: M.F. Martins

Fonte: revistagalileupublicdomainreview

Imagens: publicdomainreview e reprodução de um frame do filme De volta para o futuro 2, da série Star Trek e o poster do filme Metropolis.

Comentários

comentários