Coisas que aprendemos com o Chaves e o Chapolin

Passei boa parte da minha infância assistindo os programas Chaves e Chapolin Colorado, considero os personagens mais notórios de Roberto Bolaños,  acredito que boa parte das pessoas que tenham tido sua infância nas décadas de 80, 90 e início dos anos 2000 compartilham desta experiência. Por mais que os episódios reprisassem e reprisassem, eu ainda continuava aos assistir. Às vezes ao trocar de canal eu até pensava, “A deste ai eu gosto”, sabe aquele episódio que você curte mais? Geralmente os especiais. Um humor leve sem apelação, mas com pitadas de críticas, algo raro hoje, é desta forma de que me lembro do jeito de se fazer comédia de Roberto Bolaños e sua turma. Muitas coisas aprendemos com com o Chaves e o Chapolin. Não só coisas como, desenhar uma xinforinfola,a  falar parangaricutirimirruaro, conceitos sobre extrato de energia volátil, como desenhar um porquinho, a subtrair maçãs, sem falar nos diversos episódios que nos ensinam História. Mas assim como as fábulas muitos episódios destas séries vinham com uma lição de moral. Quem ai se lembra:

Pedrinho e o Lobo, o menino que tanto mentia que quando disse a verdade ninguém acreditou.

O_Menino_Que_Jogou_Fora_os_Brinquedos_-_Parte_1

Confesso que quando era criança chorei no episódio o “Ladrão da Vila” quando todos começam a chamar o Chaves de ladrão

BrfgB1rCAAEAtYf

As pessoas  boas devem amar seus inimigos.

hqdefault

A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena.

Nhono, Chaves, Prof Girafales, Chiquinha, Seu Madruga e Dona Clotilde

Se você é jovem ainda

hqdefault (1)

Tem também aqueles episódios em que o Chapolin conta uma história para mostrar uma lição a outro personagem, como o Rei Salomão, ou clássicos da literatura  como, O Alfaiate Valente. Mas com certeza a maior lição seja que apesar das brigas que houvessem entre os personagens o poder da amizade sempre era mais forte, com pode ser observado no episódio em que o KiKo está de aniversário e não convidam o seu Madruga, a noite depois da festa o Chaves leva os sanduíches para repartir com ele. Ou o desfecho das férias em Acapulco onde todos confraternizam  em volta da fogueira no por do sol, este episódio marca a saída do personagem KiKo da série. O dia 28 de novembro ficará marcado pela perda de um dos maiores artistas contemporâneos, mas que permanecerá eterno nos corações de todos os seus fãs. Sigam-me os bons.

images

Autor  M.F.Martins

Imagens: Reproduções de trechos da série

Comentários

comentários